Ícone de um círculo laranja

Nossos termos

Confira os termos de uso dos nossos produtos

Seguro de celular

Atualizado em 22/06/2021

1. ​Definição

A Pier é uma Seguradora, constituída no âmbito do Sandbox Regulatório da Susep, sob processo SUSEP n. 15414.616242/2020-87. Estamos aqui para oferecer um seguro digital simples, descomplicado, como você nunca viu. A proposta da Pier é simples: oferecer um produto 100% digital e permitir que pessoas compartilhem riscos e recursos através de uma plataforma autônoma. Para isso, a Pier é responsável por:

  • Avaliar a entrada de cada membro criando uma comunidade mais segura;
  • Gerenciar o fluxo de pagamentos de mensalidades e pagamentos de indenizações;
  • Prezar para que o índice de perda da comunidade fique sempre dentro do esperado;
  • Realizar o pagamento dos reembolsos.

2. Valor da mensalidade

Você pode acessar o valor da sua mensalidade na hora da contratação no momento em que adicionar uma nova cobertura. Esse valor pode ser reajustado sempre que for necessário para manutenção da saúde da comunidade, nas ocasiões em que a Tabela PIPE. é reajustada. Mas fique tranquilo, sempre avisaremos com no mínimo 30 dias de antecedência.

3. Pedido ​de indenização

Faremos de tudo para aprovar um pedido de indenização, mas o membro deverá estar com o pagamento da mensalidade em dia e deverá também, em caso de roubo ou furto:

  • Ativar e manter instalado o aplicativo da Pier no aparelho para o qual a proteção foi contratada;
  • Informar a ocorrência no website com dados bancários no nome e CPF do cliente para reembolso;
  • Enviar em até 5 dias úteis o boletim de ocorrência incluindo o número IMEI após o informe de ocorrência;
  • Bloquear o IMEI junto à operadora de telefonia em até 5 dias úteis após o informe de ocorrência;
  • Caso o aparelho celular segurado possua dois números IMEIs, é necessário que os dois sejam bloqueados e constem no boletim de ocorrência.

Após constatação do bloqueio do IMEI no website da Anatel e o recebimento do boletim de ocorrência, o reembolso será realizado em 5 dias úteis, podendo se estender a até 30 dias em casos de necessidade de maior análise. Caso sejam solicitados documentos adicionais, a contagem do prazo de 30 dias será pausada até que todas as documentações sejam enviadas pelo membro, conforme normas da SUSEP. Se o prazo de limite de 30 dias for excedido, a Pier contabilizará ao pagamento as devidas correções e multa pelo seu próprio atraso. A Pier irá monitorar o bloqueio nos meses subsequentes e tomará todas as providências legais caso haja o desbloqueio indevido do aparelho.

Na hipótese de contratação da cobertura adicional de quebra de tela, o membro deverá também estar com pagamento da mensalidade em dia, deverá acionar o sinistro via site e seguir as instruções fornecidas para reparo da tela.

4.​ ​Casos não compreendidos

Não são reembolsáveis:

Cobertura de Roubo e Furto

  • Riscos de quebra, acidentes, queda de líquidos ou perdas do aparelho;
  • Situações em que o aplicativo da Pier não tenha sido instalado ou tenha sido desinstalado há mais de 48h do momento do pedido de reembolso;
  • Situações em que o IMEI bloqueado não equivale ao cadastrado ou que os IMEIs referentes ao aparelho não foram bloqueados;
  • Situações em que o aparelho não tenha recebido sinal de rede de telefonia ou wi-fi nas últimas 72h anteriores à ocorrência;
  • Situações em que seja detectado qualquer tipo de dolo ou má-fé;
  • Aparelhos que possuem "root", ou seja, que os usuários têm acesso de administrador ao sistema do aparelho;
  • Ocorrência fora do Brasil;
  • Situações em que o segurado se recuse a enviar os documentos adicionais solicitados;
  • Situações em que o CPF indicado no boletim de ocorrência seja diferente do cadastrado no momento de contratação do seguro.

Cobertura de Quebra de Tela

  • Riscos e arranhões superficiais na tela;
  • Danos ao aparelho causados por líquidos;
  • Problemas na tela decorrentes de danos na placa eletrônica do aparelho;
  • Problemas na tela decorrentes de defeito de fabricação;
  • Qualquer dano ou reparo que não seja referente a quebra de tela e display do aparelho, e que, portanto, não seja resolvido através de uma troca de tela;
  • Situações em que o aparelho apresentado para conserto tenha IMEI diferente do aparelho protegido;
  • Situações em que seja detectado qualquer tipo de dolo ou má-fé;
  • Situações em que o segurado se recuse a enviar os documentos adicionais solicitados;

5. Valor da indenização

O valor da indenização do seu celular é calculado em relação ao valor de um seminovo e em boas condições. Esse valor pode ser reajustado sempre que for necessário para a manutenção da saúde da comunidade e está publicamente disponível na Tabela PIPE. para cobertura de roubo e furto. Ou seja, o valor pago será aquele que estiver nessa tabela no momento do pedido de reembolso.

Para casos de reparo de tela, o cliente deverá solicitar o conserto diretamente à assistência indicada pela Pier, que realizará o serviço.

Oferecemos dois tipos de planos para cobertura de roubo e furto:

  • Premium: Você será reembolsado pelo valor cheio de um seminovo.
  • Econômico: Você será reembolsado em 80% do valor de um seminovo.

Em caso de contratação de cobertura de quebra de tela, a Pier ficará responsável pelo conserto a ser prestado pela assistência técnica parceira, com excessão dos casos não cobertos.

6. Cancelamento

Você pode cancelar seu plano a qualquer momento pelo aplicativo ou website sem custos.

O atraso de 25 dias no pagamento da mensalidade causa cancelamento automático.

7. Documentos Adicionais

Podemos pedir documentos adicionais para realizar uma análise mais detalhada do seu pedido de reembolso. Visando à segurança da comunidade, diminuição do índice de perda e consequente redução das mensalidades, a Pier faz uso de big data e machine learning. Nos casos em que for necessário o prazo para pagamento de indenizações poderá ser estendido para averiguação da situação.

Em caso de necessidade, poderão ser solicitados documentos adicionais tais como:

  • Selfie com um documento de identificação;
  • Documento de identificação;
  • Comprovante de residência;
  • NF do aparelho;
  • Vídeo da vítima explicando o ocorrido;
  • Telefone; e
  • Outros a depender da necessidade de avaliação da ocorrência.

Caso a Pier verifique evidência de fraude, visando ao melhor interesse da comunidade, tomará as medidas legais cabíveis junto às autoridades competentes contra o possível fraudador.

Mais Informações

Para mais informações, acesse nossos termos completos:

Versões anteriores em PDF

Baixe em PDF