Seguros: fundamentais no seu planejamento

O que você pensa sobre o mercado de seguros? Provavelmente, se está aqui em nosso blog lendo este texto, é porque se interessou pela proposta da Pier, certo? Mas a maior parte dos brasileiros não tem uma boa imagem da indústria seguradora — e a gente realmente entende porque isso acontece.

Da mesma forma, acaba não usando os seguros como uma ferramenta importante do planejamento financeiro, e isso é bem complicado porque deveria ser o contrário! Como a gente costuma dizer: os seguros protegem as pessoas, mas as pessoas não costumam gostar de seguros.

Vamos a alguns números:

  • Somente 19% dos brasileiros teriam seguro de vida segundo Pesquisa da Universidade de Oxford em parceria com a Zurich divulgada em 2017. A média global é de 32%
  • Pouco mais de 10% dos brasileiros teriam algum tipo de seguro, segundo a Fenaprevi.
  • 70% dos automóveis brasileiros circulam sem cobertura, segundo a CNSEG.

E por que todos deveríamos pensar em seguros como uma proteção importante e parte fundamental de nossa estratégia de investimentos? Separamos alguns pontos para você refletir:

1.O seguro é importante no caso de imprevistos: quem é que quer que o carro quebre, a torneira estoure ou a casa seja roubada? Ninguém. E se você estiver no meio da Europa e tiver uma dor de dente? O fato é que imprevistos acontecem, e se algo assim ocorresse com você, como faria para resolver do ponto de vista financeiro?

Geralmente, vale muito mais pagar um pouquinho por mês para bancar uma eventualidade se necessário e não ter que gastar as reservas — ou até fazer um empréstimo — se preciso. Todo mundo está sujeito a emergências.

2. O seguro é importante para proteger o patrimônio conquistado: Quanto tempo você demorou, por exemplo, para pagar o carro, a casa, ou o celular que tem hoje? Vale a pena deixar este patrimônio ao vento, correndo o risco de perdê-lo apenas por não estar segurado? Faça uma lista de quanto perderia e quanto teria que pagar em parcelas do seguro para checar se compensa o risco.

3.Se algo acontecesse com você hoje, como ficariam os seus dependentes?: Um seguro de vida serve exatamente para garantir a tranquilidade deles se você não tiver mais condições de prover o necessário. Muita gente associa o seguro de vida à ideia de morte, mas na verdade também há seguros que cobrem acidentes ou são resgatáveis em algumas ocasiões. Basta comparar.

4.Muitos seguros contam com serviços de emergência 24h: Quando você contrata alguns seguros, também passa a contar com um número estipulado de serviços emergenciais inclusos, o que pode valer muito a pena se você morar sozinho por exemplo e tiver que contratar o serviço de algum profissional para desentupir a pia ou instalar o chuveiro por exemplo. Em alguns casos, apenas a visita destes profissionais já paga o valor anual do seguro.

5.Dá para pesquisar melhores opções: Felizmente hoje em dia é possível pesquisar a reputação das empresas e comparar bastante antes de optar por um seguro. Na Pier, queremos verdadeiramente transformar a relação das pessoas com a indústria de seguros. Isso significa que andamos na contramão do mercado ao oferecer uma série de diferenciais em nosso seguro para celular.

Além da cobertura para furto simples — que o mercado não oferece — também aceitamos aparelhos seminovos e sem nota fiscal. Não queremos burocracia, por isso a contratação e o cancelamento são feitos diretamente no app, e você pode contratar o seguro apenas pelo período de um mês e depois cancelar se quiser (a gente espera que não). Ah, e claro, somos uma empresa de tecnologia que oferece seguros com base em uma comunidade confiável, o que faz toda diferença.

Deixe uma resposta